OK
Close

Sem conservante

Clube Gourmet

Texto | Claudete Campos Foto | Divulgação | 03/03/2017-21:10:54 Atualizado em 03/03/2017-21:14:13

Pães livres de conservantes. Essa foi a opção feita pela rede da Confeitaria Romana. A medida foi adotada por questão de saúde. Isso porque estudos apontam que conservantes podem provocar alergia, deficit de atenção, problemas gástricos e até mesmo câncer.
A empresa diz que sempre usou poucos conservantes nos bolos, pães, doces e massa, para conservar o sabor natural dos alimentos. Agora, para conservar os alimentos, serão usados outros métodos nas unidades Dom Pedro, Cambuí e Barão Geraldo, em Campinas. Ainda não há prazo para a novidade chegar às unidades Romana Café.
"A Romana não utiliza métodos químicos de conservação, optando por métodos que utilizam boas práticas de manipulação e fabricação, controle de temperatura para embalar os produtos e temperatura adequada para armazenamento. Evitando assim riscos de contaminação", disse a nutricionista da Aline Caroline Pimenta, em nota.
Na prática, o prazo de validade não muda, porque os produtos já eram feitos com poucos conservantes. Agora, a quantidade foi reduzida a zero. "Não há alteração no valor e eles ficam menos tempo na prateleira (5 dias). A média de tempo que um produto com conservante fica na prateleira é de 15 dias. Ou seja, o cliente da Romana sempre consumirá produtos frescos", explicou a nutricionista.
SAIBA MAIS
Os conservantes são usados na indústria alimentícia para controlar o crescimento de bactérias e fungos, para manter o produto em bom estado de consumo por mais tempo. De acordo com Aline Caroline Pimenta, alguns conservantes apresentam sabor e odor forte que podem desagradar o paladar dos consumidores.
"Os conservantes são testados antes de serem oferecidos ao consumidor. Mesmo assim, os efeitos desses produtos, em longo prazo, podem trazer malefícios, principalmente quando são somados a outros fatores, entre eles, sedentarismo e estresse. Por conta disso, é primordial verificar os alimentos e optar por consumir aqueles que cuidam da sua saúde", explica Aline.