OK
Close

Defesa de Dilma diz que comitê central bancou Temer

Brasil e Mundo

18/03/2017-20:51:50 Atualizado em 18/03/2017-20:56:03

Os advogados da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) apresentaram ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) documentos que apontam que despesas da candidatura de Michel Temer em 2014 foram bancadas pelo comitê central da campanha.
Segundo a defesa, o material entregue ao relator do processo no tribunal, ministro Herman Benjamin, mostra que não havia contabilidade separada na corrida eleitoral. Com isso, Dilma rebate a tentativa do atual presidente de tentar alegar que a arrecadação de receitas se deu de forma individual. O processo do TSE foi aberto após um pedido de cassação da chapa Dilma-Temer. O autor da ação foi o PSDB, que acusava a campanha de ter cometido abuso de poder econômico e político na campanha. O procurador-geral Eleitoral, Nicolau Dino, em parecer no processo de cassação da chapa Dilma-Temer, posicionou-se pela indivisibilidade da chapa, citando a jurisprudência do TSE. | FOLHAPRESS