OK
Close

Empresas negam irregularidades

Brasil e Mundo

17/03/2017-23:32:41 Atualizado em 17/03/2017-23:32:38

Empresas investigadas negaram irregularidades. A JBS afirma em nota que a empresa e suas subsidiárias atuam em absoluto cumprimento de todas as normas regulatórias. A BRF afirmou que está colaborando com as autoridades. A companhia diz que não compactua com práticas ilícitas. O grupo Argus nega irregularidades. O frigorífico Souza Ramos, do grupo Central de Carnes Paranaense Ltda, diz seguir as exigências de qualidade.
A Princípio Alimentos Ltda disse que foi chamada como testemunha. A Sub Royal Comercio De Alimentos disse que não vai se manifestar. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirma que determinou o afastamento imediato de todos os envolvidos e a instauração de procedimentos administrativos. As outras empresas não foram localizadas ou não deram retorno. O advogado do suposto líder do esquema não foi achado.
| FOLHAPRESS