OK
Close

Alugar requer cuidados básicos

Imóveis

CLAUDETE CAMPOSREGIÃO | 25/02/2017-16:11:21 Atualizado em 25/02/2017-17:35:38
Divulgação
SOUZA | Ele orienta a checar o estado de conservação do imóvel

Nesta época do ano está muito aquecido o mercado imobiliário em Campinas. E os responsáveis por essa demanda alta que começou em dezembro são os estudantes universitários de fora, que estão em busca de moradias para residirem na cidade enquanto cursam a faculdade. Especialista apresenta um roteiro para efetuar um bom contrato de locação. E também informa quais são os imóveis mais procurados pelos inquilinos.
Não existe uma estatística oficial sobre o número de imóveis disponíveis para locação de universitários, explica Rodrigo Coelho de Souza, diretor de Compra e Venda da Regional do Secovi (Sindicato da Habitação) em Campinas.
"Existe uma oferta limitada de imóveis em Barão Geraldo. Outras localidades que também estão sendo bastante procuradas em Campinas são os bairros Santa Genebra e Mansões Santo Antônio. Essa procura se dá pelo perfil de imóveis mais procurado por esse público: próximos às universidades e de um ou dois dormitórios", informa Souza.
Para auxiliar essa turma que mora em outros estados, o diretor do Secovi dá orientações aos estudantes. É aconselhável, diz, o interessado estar com a documentação pessoal em mãos ao iniciar a procura por casa. "É interessante que o estudante já leve toda a papelada necessária para a elaboração do contrato de locação, pois ele corre o risco de perder a vez no imóvel por causa da demora em reunir a documentação", aconselha o dirigente.
Se a intenção é montar uma república, o ideal, diz Souza, é que todos que forem morar no imóvel figurem como locatários e seus pais, como fiadores. Mas nada impede que o contrato seja feito em nome de apenas um estudante.
Também é necessário prestar atenção nas garantias locatícias para firmar o contrato. "Hoje em dia, existem várias alternativas que possibilitam concretizar a operação e que dão segurança ao proprietário do imóvel como seguro fiança, título de capitalização ou o tradicional fiador", orienta Coelho.
Ao estudante que vai fazer sua primeira locação, as imobiliárias recomendam incluir uma cláusula nos contratos com vigência de 30 meses com possibilidade de rescindir o contrato após 12 meses, sem pagar multas. Esse aquecimento também é motivado por universitários que já residem na cidade e aproveitam para mudar de casa no início do ano.
Para não comprar gato por lebre, Souza dá dicas para fazer uma transação segura. O estudante deve checar o estado de conservação do imóvel e a infraestrutura na região. " Antes da assinatura do contrato, é importante fazer uma visita ao imóvel para constatar se os quartos são adequados às necessidades do inquilino, se o banheiro está sem infiltrações e, também, verificar se o bairro possui estrutura de serviços, segurança e transporte coletivo!", aconselhou o dirigente.