OK
Close

Planejar é dica para economizar

Imóveis

ANDRÉ ROSSI REGIÃO | 23/12/2016-22:55:28 Atualizado em 23/12/2016-22:55:22
Casa3 Arquitetura
planejado | Ter um projeto para o imóvel é o primeiro passo

Com a crise econômica e as incertezas em relação ao futuro do País, cada vez mais as famílias estão "enxugando" os gastos. Porém, quando o assunto é construir ou reformar imóveis, sempre há uma dificuldade em conter os gastos fora do planejado. Para contornar essa situação, é preciso planejamento e muita disciplina.
Segundo o arquiteto e sócio da Casa3 Arquitetura Ricardo Nunes, o primeiro passo é ter um projeto. Mesmo com o orçamento limitado, o profissional afirma que vale a pena investir em um projeto de arquitetura para evitar contratempos.
"O projeto de arquitetura, feito por um profissional qualificado, irá propiciar uma visão adequada e aprofundada do espaço, permitindo assim uma previsão mais realista dos gastos. Além disso, a legislação brasileira exige que haja um profissional responsável tanto pelo projeto quanto pela obra e, contratando-se o mesmo profissional se pode otimizar o tempo e conseguir um bom ganho financeiro na negociação de preço", explicou Nunes.
Outro ponto fundamental é fazer vários orçamentos antes de fechar o negócio. Assim, é possível comparar os preços e obter um valor médio dos produtos e serviços que serão utilizados. O arquiteto aponta também que algumas lojas costumam cobrir orçamentos de concorrentes, o que pode ajudar a economizar.
Um momento delicado é a escolha dos profissionais que ficarão responsáveis pela obra. O ideal, segundo o profissional, é investir em uma mão de obra especializada e regulamentada.
"Prefira investir na contratação de empresas e profissionais experientes e qualificados, que farão um projeto de excelência, cumprindo o cronograma e atuando em prol de se evitar surpresas e atrasos", orientou Nunes.
A falta de orçamento geralmente faz com que as pessoas optem por realizar a obra em etapas. Porém, sempre que possível, é recomendado que a obra seja feita de uma vez só, para evitar gastos em dobro. "Custos indiretos como supervisão e limpeza poderão ser diluídos pelos serviços, sendo cobrados mais de uma vez", disse.
Optar por materiais reciclados e reutilizados é outra boa forma de economizar. "Existem lojas que vendem produtos reciclados e sustentáveis. É possível encontrar peças que pouco ou nada foram utilizadas, oferecendo um visual interessante na composição de ambientes e uma boa economia no final do projeto", contou o arquiteto.