OK
Close

Barulho da Oca traz três bandas

Sumaré

claudete campos sumaré | 25/11/2016-00:41:01 Atualizado em 25/11/2016-00:41:14

Três bandas de rock vão se apresentar no Barulho da Oca, evento cultural que será realizado na plataforma da Estação Cultura, em Sumaré, neste domingo (27), a partir das 15h, com entrada gratuita. Subirão na plataforma da estação ferroviária as bandas Aliens Ate My Mom, Expresso 60 e a Locomotivus. O evento é realizado todo último domingo do mês.
A banda Locomotivus apresentará um repertório que mescla conhecidas músicas de rock nacional e internacional dos anos 90 e 2000, que marcaram as gerações. As influências do grupo são Gun's Roses, Jimi Hendrix, Metallica, Foo Fighters, CBJR, entre outros.
Atualmente a banda é formada por Breno da Costa Brasil (guitarra), João Vasconcelos (guitarra), Guilherme Wohnrath (baixo); Gustavo De Marchi (Bateria); Thales Bueno (vocal e Thadeu Castro (suporte e técnica). Estão na estrada do rock desde 2007.
Com 28 anos de existência, a Expresso 60 tem um único membro da formação original, Hemerson Pinho. Os seis integrantes tocam músicas de 1955 a 1975. Quem for prestigiar a banda vai ouvir canções de Elvis Presley, Rolling Stones, Creedence, Steppenwolf e Bob Dylan.
Esta será a primeira vez que os seis músicos vão tocar no evento. A atual formação é com Emerson Pinho (vocal), Valdecir Kamuri (guitarra), Eduardo Lisboa (guitarra), Juliano Castanho (bateria), Jeferson San Martin (baixo) e João Neto (teclado).
A moçada do Aliens Ate My Mom vai tocar muito rock alternativo e duas músicas autorais no evento. A banda está com nova formação e voltou a fazer shows. Vão se apresentar Cris (vocal); Rami (Baixo); Felipe Silvério (bateria); Renan Yugui (guitarra) e Caíque Oliveira (guitarra).
Espaço para o rock
O Barulho da Oca começou depois que o Festival Geleia com Mel não foi realizado. Então, um grupo de amigos idealizou o evento para as bandas da região se apresentarem. Assim nasceu o evento gratuito realizado uma vez por mês, sempre no último domingo do mês.
Segundo um dos organizadores do evento, Luis Tadeu Weubel de Castro , é voltado ao rock, mas já recebeu bandas de reggae. Na última edição, cerca de 500 pessoas circularam pelo espaço cultural. "Faça o bem e seja feliz", esse é o leme de Castro, que ajudou a idealizar o evento para oferecer entretenimento aos moradores de Sumaré.