OK
Close

Teatro beneficia 840 crianças

Sumaré

ANDRÉ ROSSI SUMARÉ | 17/11/2016-22:06:08 Atualizado em 17/11/2016-22:06:03
Divulgação
CONTAÇÃO | Ao todo, 30 professores foram capacitados para a atividade

O projeto "Teatro de Fantoches: oficina, workshop e apresentações", realizado ao longo do ano em 29 escolas municipais de Sumaré, foi concluído nesta semana. Ao todo, a iniciativa foi aplicada para 840 crianças entre 3 e 11 anos, matriculadas na educação infantil e no ensino fundamental I. A confraternização de encerramento do projeto ocorreu no Cefems (Centro de Formação de Educadores Municipais de Sumaré).
Para que a aplicação do projeto fosse possível, 30 professores da rede municipal de ensino foram capacitados para utilizar os bonecos corretamente em sala de aula, otimizando o ensino de conteúdos pedagógicos por meio de fantoches. Os 30 professores das escolas participantes foram orientados pela arte educadora Fabiana Simioni.
Entre os temas que foram trabalhados estão educação no trânsito, meio ambiente, alimentação saudável, entre outros. Todos os fantoches são feitos na oficina de criação da ONG Grupo Primavera. Entre os personagens estão cachorro, avô, avó, motoqueiro, super-herói do trânsito, gotinha, alface e semáforo, que permitem aos professores abordarem temas específicos de maneira lúdica.
Segundo a diretora do Cefemns, Geórgea Fernanda Nardy, o projeto superou as expectativas e o envolvimento dos professores participantes foi considerável.
"Sabemos o quanto as histórias enriquecem o universo infantil e são fonte para o incentivo ao gosto pela literatura e leitura. Além disso, essa formação tão nobre abriu espaço nas unidades escolares para que os professores participantes fossem multiplicadores, estendendo as ações desenvolvidas no projeto a todos os demais das unidades nas quais atuam, proporcionando condições para que um número cada vez maior de alunos pudesse se beneficiar com tal projeto", explicou Geórgea.