OK
Close

Perugini se aproxima de Dr. Hélio, cassado em escândalo de corrupção

Hortolândia

16/09/2016-21:32:36 Atualizado em 16/09/2016-22:37:09
Reprodução | Facebook
no mesmo partido | Antes mesmo de deixar o PT, Perugini (dir.) já dialogava com Hélio (esq.), de Campinas, que é do PDT

Pouco antes de trocar o PT pelo PDT, Angelo Perugini se encontrou com o prefeito cassado de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, o Dr. Hélio (PDT), que agora é seu colega de partido. O encontro foi registrado por Perugini no Facebook, no dia 13 de fevereiro.
No dia 29 daquele mês, o político de Hortolândia anunciou a troca de partido. As reuniões entre eles continuaram. No dia 2 de maio, foi a vez de Hélio postar uma foto dos dois, em encontro no qual discutiram os indicadores da crise econômica, de acordo com a postagem no Facebook.
Dr. Hélio foi cassado pela Câmara em agosto de 2011 durante o escândalo do Caso Sanasa (Sociedade de Abastecimento e Água de Campinas) - esquema de corrupção com desvios de verbas e superfaturamento em contratos de saneamento. Em dezembro do ano passado, a Justiça condenou sua mulher, Rosely Santos, a 20 anos de prisão pelo envolvimento no caso.
Hélio começou a articular sua volta política em junho do ano passado, quando assumiu a presidência municipal do diretório. Ele registrou sua candidatura a prefeito de Campinas, mas teve o seu pedido indeferido.
De acordo com a Justiça Eleitoral, Hélio é inelegível por causa de quatro fatores: rejeições de contas de governo municipal referentes aos exercícios financeiros de 2006, 2009 e 2010; rejeição de contas de gestão quanto aos exercícios financeiros de 2007 e 2008; perda de mandato de cargo público eletivo; e ausência de certidão de quitação eleitoral. Ele apresentou recurso e tenta reverter a decisão.
| AR