OK
Close

Quatro vias serão vigiadas

TODODIA Express

ANDRÉ ROSSI AMERICANA | 26/08/2016-22:41:41 Atualizado em 26/08/2016-22:44:42
Claudeci Junior | TODODIA Imagem
Câmeras | Avenida Antonio Pinto Duarte será uma das vias vigiados com o sistema de videomonitoramento projetado em parceria com a Agemcamp

Quatro das vias de maior fluxo de Americana serão as primeiras a receberem as câmeras do sistema de videomonitoramento da Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas). Os pontos foram escolhidos estrategicamente, segundo a prefeitura, por fazerem ligação com as rodovias que passam pela cidade. O objetivo é reduzir os índices de furto e roubo de veículo, já que os criminosos costumam usar essas vias como "rotas de fuga" para outros municípios.
O vice-prefeito da cidade, Roger Willians Fonseca (PSDB), que está acompanhando o trabalho, informou que as câmeras serão instaladas na Avenida Antônio Pinto Duarte, Avenida Nossa Senhora de Fátima, Rua Dom Pedro e Avenida de Cillo. Elas foram escolhidas pelo alto fluxo de veículos e por servirem de acesso para as rodovias Anhanguera (SP-330) e Luiz de Queiroz (SP-304).
"Elas são as principais vias em termos de fluxo e não foi à toa que foram escolhidas. Pegamos os índices históricos de furto e roubo de veículos e fecharemos o cerco nesses locais", explicou.
O investimento é de R$ 1,1 milhão e será custeado pelo Fundocamp (Fundo de Desenvolvimento Metropolitano de Campinas). O ofício solicitando o sistema foi assinado em novembro do ano passado, quando a prefeitura recuperou a CND (Certidão Negativa de Débitos), que era uma das exigências para poder pleitear os equipamentos.
A central de videomonitoramento funcionará na base da Gama (Guarda Armada Municipal de Americana). O processo de licitação para aquisição está na Unidade de Suprimentos para elaboração e publicação do edital. A licitação deve ser iniciada "nos próximos dias", segundo a prefeitura, que espera que os aparelhos sejam adquiridos até o final deste ano.
"Era para Americana ter esse videomonitoramento há muito tempo, mas não teve porque a cidade estava sem CND, sem Cadin (Cadastro Informativo de Créditos Não Quitados do Setor Público Federal)", afirmou Roger.
OUTROS PONTOS
A prefeitura já estuda formas de, posteriormente, adquirir mais câmeras para outras vias da cidade. "Esses pontos são uma proposta inicial. As câmeras são muito caras e, dentro do recurso da Agemcamp, é o que poderemos comprar nesse momento. Mais para frente, a nossa ideia é, através de emendas, conseguir 'fechar' com câmeras outras importantes vias", disse Roger.
Entre os pontos futuros, estão a Avenida Nicolau João Abdalla, Avenida Iacanga, entrada e saída dos bairros Antônio Zanaga e Praia Azul, e a saída do Parque Novo Mundo e Jardim da Balsa.
SAIBA MAIS
De janeiro a junho deste ano, foram registrados 719 furtos e 60 roubos de veículos em Americana, de acordo com dados estatísticos da SSP (Secretaria de Segurança Pública). Os números são inferiores ao do mesmo período do ano passado, quando ocorreram 1.253 furtos e 84 roubos.