OK
Close

Biblioteca 'abraça' eventos culturais para atrair público

TODODIA Express

ANDRÉ ROSSI AMERICANA | 26/08/2016-22:41:34 Atualizado em 26/08/2016-22:43:47
Claudeci Junior | TODODIA Imagem
BIBLIOTECA | Prédio impressiona visitantes, diz orientador

Diversificar as atividades oferecidas e ampliar a abrangência cultural foram as estratégias adotadas pela Biblioteca Profª Jandyra Basseto Pântano, de Americana, para atrair e renovar o seu público. Sessões de cinema, exposições e espetáculos musicais e teatrais passaram a ser oferecidos gratuitamente no local, que recebe diariamente uma média de 200 pessoas.
O orientador cultural da biblioteca, Leonardo Luciano, que trabalha há 22 anos no local, explica que a ideia surgiu da observação da queda de visitas e do que estava sendo feito em outras bibliotecas pelo País. "Elas foram deixando de ser apenas um centro gratuito de acesso à educação autoditada para a população, e foram se transformando em centros culturais, com várias atividades. (...) Fomos buscando aquilo que poderíamos realizar com pouco investimento, e assim desenvolvemos as nossas atividades", explicou.
"Logo que eu entrei na biblioteca, em 1996, a pesquisa escolar era o forte. Recebíamos cerca de 1,2 mil pessoas por dia. (...) Foi diminuindo por conta da Internet e das mudanças educacionais. O público murchou e ficamos preocupados, mas vimos um aumento da pessoal que vem à biblioteca em busca de leitura de entretenimento. Era necessário diversificar um pouco e atrair mais desse público", disse Luciano.
Inicialmente, a biblioteca abriu espaço para atrações de dança e musicais. Depois, começou a sediar exposições de pintura e fotografia de artistas da região. Atualmente, a agenda está lotada até fevereiro do ano que vem.
"Percebemos esse nicho. Até falaram 'vão receber artistas? O que isso tem a ver?'. Acaba que há uma troca de público. Em exposições e apresentações, recebemos pessoas que, quando entram no prédio, se surpreendem e falam 'puxa, mas é uma biblioteca esse prédio? Como é legal aqui. Tem tudo isso acontecendo?'. Acaba sendo uma isca, uma forma de divulgar o trabalho, e a pessoa começa a frequentar a biblioteca", contou Luciano.
Também foi iniciado há dois meses o Cine Biblioteca, que exibe filmes gratuitamente na unidade. A programação é divulgada através da página Biblioteca de Americana no Facebook. Na rede social, também é disponibilizada a relação de novos livros que chegam ao local e toda a programação cultural do mês.
RECUPERAÇÃO
Profissionais da biblioteca também são responsáveis pela recuperação de livros desgastados pelo tempo, tanto do próprio acervo quanto de novas doações. "Quando o livro está todo detonado, sujinho, nós desmontamos, fazemos uma nova capa, refazemos a lombada e conseguimos dar uma sobrevida ao livro", explicou Luciano.
A biblioteca recebe doações de livros de diversas instituições de ensino, entidades e de pessoas físicas. Os livros que são repetidos ou que ficam encalhados no local são doados posteriormente na Tenda Leve e Leia, montada uma vez por mês em frente à biblioteca, na Praça Comendador Muller, no Centro. Já a aquisição de novos livros é feita, geralmente, através da conversão de multas de frequentadores que atrasaram devoluções. Ao invés de pagar o valor, a pessoa tem a opção de adquirir e doar uma das obras para a biblioteca.