OK
Close

Av. Júlia de Vasconcellos ganha novos retornos

Sumaré 148 anos

ANDRÉ ROSSISUMARÉ | 25/07/2016-19:05:43 Atualizado em 25/07/2016-21:27:06
Divulgação
MUDANÇAS| Avenida recebeu dois novos retornos para aliviar o trânsito na região

Com o objetivo de aliviar o trânsito de Sumaré, foram criados dois novos retornos na Avenida Júlia de Vasconcellos Bufarah (a avenida da Rodoviária Municipal), nas proximidades dos cruzamentos com as ruas Máximo Biondo e Ipiranga. Com a implantação, os condutores que vêm das demais regiões sentido Centro de Sumaré devem subir o Viaduto Comendador Aristides Moranza e podem retornar próximo à Rua Máximo Biondo, seguindo para seu destino. Já para os motoristas que fazem o sentido contrário, do Centro em direção ao viaduto e às demais regiões da cidade e da Rodovia Anhanguera, a nova opção é retornar próximo à Rua Ipiranga, não sendo mais necessário seguir até o semáforo no cruzamento com a Praça da República.
Além disso, houve a inversão da mão de direção de toda a extensão da Avenida Luiz Frutuoso, a partir do cruzamento com a Avenida Julia Vasconcellos Bufarah até a Avenida Rebouças, e da Rua Francisco Duarte, que passou a ter sentido da Rua Dom Barreto para a Avenida Julia Vasconcellos Bufarah. A Rua Francisco Camilo Giaj-Levra agora é mão única no sentido centro-bairro. Todas as vias são na Região Central.
Para os ciclistas, foi criada a primeira ciclofaixa na Avenida Rebouças, Região Central da cidade. A ciclofaixa foi implantada dos dois lados da via, entre as esquinas da Rua Angelo Ôngaro e da Saudade. O espaço é reservado para os ciclistas sempre aos domingos e feriados, sempre das 7h às 12h.
PARCERIA
Também totalmente recapeadas, mas através de outra iniciativa da Prefeitura, foram a Estrada Municipal Américo Ribeiro dos Santos, mais conhecida como "Estrada da PPG" e principal acesso à Área Cura, com 1.300 metros lineares de extensão total, e a estrada de servidão conhecida como "Estrada do Frango Assado", que dá acesso aos bairros Jardim do Trevo, Parque Ideal, Jardim Mineápolis e Jardim Dulce, na Região de Nova Veneza. Foram mais 300 metros de vias recuperadas.