OK
Close

Viaduto aguarda apenasa licença ambiental

Sumaré 148 anos

ANDRÉ ROSSISUMARÉ | 25/07/2016-19:05:48 Atualizado em 25/07/2016-21:28:52
Arquivo | TODODIA Imagem
INTERVENÇÃO | Viaduto vai ligar avenidas José Mancini e Amizade

As obras do Viaduto Centro/Nova Veneza, que vão ligar as avenidas José Mancini e da Amizade, sobre o Ribeirão Quilombo e a área tombada da antiga subestação de Energia da Fepasa, aguarda apenas a emissão da licença ambiental para poder ser realizada. A expectativa é que as obras sejam licitadas pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) e comecem ainda este ano.
O valor estimado está em R$ 58,1 milhões, sendo R$ 45 milhões para o viaduto propriamente dito, R$ 4,5 milhões para a revitalização e restauro do patrimônio ferroviário na área da antiga Subestação e mais R$ 8,6 milhões em desapropriações. Os recursos foram garantidos desde janeiro de 2013 pelo Governo do Estado.
A ligação de 7,6km prevê a construção do viaduto sobre a linha férrea e o Ribeirão Quilombo, e a instalação de seis pontes e do Terminal Multimodal Sumaré.
A obra é considerada a maior intervenção de trânsito na cidade e apontada pela atual administração como solução para o principal gargalo de trânsito no município. As audiências públicas para o licenciamento ambiental foram realizas em maio e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA-Rima) foi encaminhado para análise da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), órgão responsável pela fiscalização.