OK
Close

'O sumareense está retomando o orgulho'

Sumaré 148 anos

ANDRÉ ROSSISUMARÉ | 25/07/2016-19:06:28 Atualizado em 25/07/2016-21:25:38

Melhorar a mobilidade urbana, reestruturar a Rede de Saúde e tornar Sumaré mais atrativa para investimentos foram alguns dos objetivos que a prefeita Cristina Carrara (PSDB) estabeleceu ao longo dos últimos três anos. Em entrevista para o TODODIA, a chefe do Executivo comentou sobre as dificuldades de cada um deles e fez um balanço sobre o atual momento da cidade.
TODODIA - Um dos grandes desafios da cidade no início da sua gestão era melhorar a mobilidade urbana. Como foram definidas as prioridades desse setor?
Fizemos um trabalho sério, contratando e realizando os estudos necessários para que pudéssemos tomar as melhores decisões, como a Pesquisa Origem/Destino, o Plano de Circulação Viário e o Plano Diretor de Mobilidade. As melhorias nos principais acessos da cidade e entre os bairros já implementadas melhoraram significativamente a vida das pessoas, que ganharam tempo para chegar mais cedo em casa, no trabalho, na escola, de forma mais segura. E temos as grandes conquistas dos projetos em parceria com o Governo do Estado já garantidos, como o novo viaduto Centro/Nova Veneza, que já está em andamento e que será uma das grandes obras de infraestrutura já feitas na cidade.
Como foi o trabalho de recuperação da rede de Saúde?
Assumimos uma rede de Saúde em estado precário. Começamos pela mudança na gestão. Temos muitos desafios a vencer ainda, mas hoje a gente está com uma rede muito melhor estruturada, tanto nos Pronto Atendimentos, quanto no Ambulatório e na Atenção Básica. Sumaré avançou muito nestes três anos e meio, reformamos e ampliamos Unidades de Saúde, garantimos mais especialidades, reduzimos filas e entregamos novas Unidades. As obras foram praticamente a etapa final deste processo. Houve antes toda uma melhoria na gestão, nos processos. Foi um trabalho diário desde o primeiro dia de governo. Hoje a Saúde de Sumaré saiu do noticiário negativo.
Depois da concessão do serviço de água para a Odebrecht, Sumaré ficou mais atrativa para empresários? As empresas evitavam a cidade por não ter garantias quanto ao fornecimento de água?
Com certeza. A concessão foi uma decisão corajosa e um divisor de águas, basta ver o interesse do empresariado na cidade. É lógico que estamos no primeiro ano desta parceria, ainda no começo, mas ao longo do período da concessão vamos ver avanços e investimentos contínuos, e isso é um atrativo para novas empresas. Já dobramos o índice de tratamento de esgoto e a falta de água crônica em algumas regiões da cidade já não acontece mais. Nosso índice de tratamento de esgoto era vergonhoso. Com a concessão teremos, em curtíssimo prazo (2022), o tratamento de 100% do esgoto da cidade. Todos sabemos que uma cidade do porte de Sumaré não poderia continuar sem previsão de investimentos em Coleta e Tratamento de Água e Esgoto. Este novo cenário abre as portas para a chegada de novos empreendimentos e a geração de mais empregos.
Qual a estratégia da cidade para atrair novos investimentos e empresas?
Trata-se de um conjunto de ações. Quando investimos na estrutura da cidade, automaticamente você vai criando capacidade para que ela atraia novos investimentos. Sumaré está em uma região muito privilegiada do ponto de vista logístico. Com a concessão de Água e Esgoto e os investimentos em Mobilidade que garantem melhoria no fluxo do trânsito da cidade, há maior interesse e capacidade na ampliação de investimento e atração de empresas. Estamos modernizando a cidade, atuando com responsabilidade, ampliando a Rede Social, buscando parcerias, e tudo isso cria novas perspectivas de crescimento e desenvolvimento que chega a casa dos moradores de nossa cidade.
Atualmente, a senhora acredita que a população de Sumaré tem mais orgulho em morar na cidade? A confiança está sendo retomada?
Sinto que estamos deixando no passado o aspecto de abandono que a cidade vivenciava. Quando iniciamos melhorias estruturais para garantir crescimento e atendimento à população, com a recuperação de espaços públicos, o cidadão começa a sentir e viver uma cidade com novas perspectivas. Sinto isso nas ruas, conversando com as pessoas. O sumareense está retomando o orgulho da sua cidade. Nossa cidade está mais bonita, melhor estruturada. Sou filha de Sumaré e para avançarmos é fundamental termos orgulho e acreditarmos no potencial de nossa cidade e de nosso povo.