OK
Close

Dispara roubo e furto de veículos

Santa Bárbara d'Oeste

ANDRÉ ROSSISANTA BÁRBARA D'OESTE | 29/03/2016-22:52:25 Atualizado em 29/03/2016-23:06:53

Os casos envolvendo roubos e furtos de veículos dispararam em Santa Bárbara d'Oeste na comparação entre 2014 e 2015. O aumento percentual de 41,7% entre os dois anos foi o segundo maior na RMC (Região Metropolitana de Campinas), atrás somente de Pedreira. A alta acendeu o alerta da PM, que afirmou que vai mudar as estratégias para combater esses tipos de crime na cidade.
De 2014 para 2015, também houve alta, saltando de 676 para 958 casos, aumento de 41,7%; a segunda maior da RMC, atrás apenas de Pedreira, que cresceu 43,7% (de 119 para 171). Desde o começo da série histórica da SSP (Secretaria de Segurança Pública), iniciada em 2001, a cidade teve o aumento percentual de 130,8%. De 415 registros em 2001, o número subiu para 958 no ano passado.
A frota de Santa Bárbara d'Oeste no ano passado era de 132.749 veículos, de acordo com o balanço do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). Se comparado com o número de furtos e roubos no ano passado, a cada 138 veículos, um é levado na cidade.
Uma das vítimas da criminalidade da cidade foi a ajudante de cozinha Nilda Gaspar, 28. No dia 8 de fevereiro, o tio dela pegou o carro, que ela tinha acabado de comprar, para levar a avó no Hospital Santa Bárbara. Eles estacionaram e, quando voltaram para o carro, às 22h, ele não estava mais lá.
"A cidade está muito insegura. Não há nenhuma vigilância nessa área. Depois que eu fiz o BO (boletim de ocorrência) até vi umas viaturas da PM no local nos dois dias seguintes, mas depois disso, nada. O policiamento precisa aumentar, está muito fraco", lamentou.
O tenente-coronel Mauro Luchiari, comandante do 19º BPMI (Batalhão da Polícia Militar do Interior), responsável pelo patrulhamento em Santa Bárbara d'Oeste, argumentou que não é possível apontar um único motivo para a elevação. "Existem parâmetros que muitas vezes a gente não consegue dimensionar. Outro tipo de situação que existe é a fraude no seguro, mas isso não cai no sistema para mim como fraude, e sim como furto, mas nós sabemos que acontece", explicou.
Entretanto, desde janeiro, novas estratégias estão sendo desenvolvidas na cidade para coibir esse tipo de crime. Apesar de não detalhar como são esses procedimentos, para não "informar os assaltantes", o tenente afirmou que as medidas estão dando resultado.
"Janeiro ainda foi alto, devido aos crimes de dezembro. Em fevereiro, referente a janeiro, já apresentaram uma redução. Vamos manter essas novas ações na cidade e tentar levá-las para Americana e Cosmópolis, pois percebemos que essas ações fizeram o crime migrar (de Santa Bárbara) para as outras duas cidades", disse Luchiari.
De acordo com a SSP, em janeiro de 2016, foram oito roubos de veículos e 72 furtos. Os dados referentes a fevereiro ainda não tinham sido divulgados no fechamento desta edição.
Roubos e furtos de veículos
  2001 2014 2015 
 Roubos e Furtos de Veículos  415  676  958
Fonte: SSP