OK

Acesse

Close

A Torre Eiffel cresce 15 centímetros no verão

Você sabia?

04/09/2014-23h48 - Atualizado em 06/09/2014-16h35

A torre que foi chamada de desonra de Paris por artistas durante sua construção, e terminou por ser o maior símbolo do país, cresce no verão, dizem os físicos. É que, segundo a lei pela qual o ferro se dilata com o calor, a torre, em consequência, tem de crescer. Calculou-se que a torre é 15 centímetros mais alta no verão do que no inverno. Essa dilatação do ferro, no calor, é que determina às ferrovias manter, de espaço em espaço, uma separação de alguns centímetros ao longo dos trilhos. Se alguém fotografar a Torre Eiffel, dos quatro lados, averiguará que ela é curva, ou melhor, torta. Não se trata de ilusão de ótica, nem de erro técnico, e sim de uma lei física. No período da manhã, a torre recebe os raios solares sobre uma face, e, como sua construção é exclusivamente metálica, as vigas de aço se dilatam sob a ação solar e a parte aquecida fica maior, o que faz envergar a torre para o lado oposto. No período da tarde, acontece a mesma situação do lado contrário.